Páginas

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Ela: Eu te amo!
Ele: Você é bipolar.
Ela: Tenho várias personalidades, mas apenas um coração.
Ela: Quero que o inverno chegue. Quero roupas bonitas, quero assistir filmes… e você? O que quer nesse inverno?
Ele: Ser apenas seu cobertor.
Ele: Por que você se foi?
Ela: Porque achei que você me amava o bastante para vir atrás de mim, mas parece que eu estava enganada.
Ele: Sabe o que eu quero ser quando crescer?
Ela: Não, o que?
Ele: Seu.
A mulher tem o dom de gerar uma criança. E o homem tem o dom de agir como uma.
Ele: Como você sabe quando está apaixonada?
Ela: Quando todas as músicas começam a fazer sentido.
Pois quando é amor a gente não inventa o que é verdadeiro nunca acaba só aumenta.
Ele: Por que você está chorando?
Ela: Não é nada, já passou.
Ele: Fale a verdade, o que aconteceu?
Ela: Não pergunta nada, só me abraça.
Ela: Você entende a diferença entre gostar e amar?
Ele: Sim, você gosta de mim. E eu te amo.
Ele: Uma moça bonita não deveria ter um olho assim tão triste…
Ela: A tristeza não é privilégio dos feios.
Ele: Ele te fez rir como eu fazia?
Ela: Não.
Ele: Então por que está com ele?
Ela: Porque ele não me fez chorar como você me fez.
Ele: Chorando de novo?
Ela: Não se anime, dessa vez não é por você.
Ele: Já volto.
Ela: Ok.
Horas depois, ele chega.
Ela: Por que demorou tanto?
Ele: Alguém perguntou porque eu te amo.
Ele: Que barulho é esse?
Ela: É meu coração batendo.
Ele: Mas não estava assim antes…
Ela: É lógico, você ainda não tinha chegado.
Ela: Qual a primeira coisa que você percebe quando olha para outra garota?
Ele: Que ela não é você.
Ela: Se tivesse três pedidos, o que pediria?
Ele: Ter você para sempre.
Ela: E os outros dois?
Ele: Daria para quem precisa, ter você é suficiente para mim.
Ele: Não tenho nada de diferente.
Ela: Você tem a mim, e eu te garanto, ninguém mais tem.
Ele: Como digo que estou apaixonado para uma garota?
Ela: Diz pelo telefone.
Ele: Mas eu não tenho o número.
Ela: Peça!
Ele: Me dá seu telefone?
Ela: 10% do meu coração é seu.
Ele: E o resto?
Ela: Você já destruiu!
Ele: Que música é essa do seu subnick?
Ela: Não é uma música, é uma indireta, seu idiota.
Ele: Só mudaria uma coisa em você.
Ela: O que?
Ele: Seu sobrenome, e então transformaria ele no mesmo que o meu.
Ele: Você me perdoa?
Ela: Você se perdoaria?
Ele: Não.
Ela: Então por que eu deveria?
Ele: Porque você é melhor do que eu.
Ele: Alô… Desculpa ter te acordado, sei que é tarde, mas preciso te falar uma coisa.
Ela: Então fale.
Ele: O sorriso mais perfeito do mundo, o olhar mais sincero e encantador, o jeito carinhoso me deixa louco…
Ela: Não estou entendendo.
Ele: Apenas escute. Não queria aceitar, mas não tenho escolha, sem você minha vida era vaga, vazia, sem sentido. Quando te vi, algo queimou meu coração de uma forma que eu nunca tinha sentido, percebi que nada em minha volta não interessava mais, e que seria injusto da minha parte guardar só pra mim uma coisa que merecia ser dividida com você, o que sinto é muito grande e não merece ser escondido, eu te amo! Sei que talvez esse sentimento não seja correspondido, mas não ia conseguir dormir sem falar isso pra você!
Ela: Silêncio.Ele: Ei, você está aí?
Ela: Chorando.Estou. Quero te dizer que não estava dormindo, estava tentando encontrar uma maneira de dizer o que eu sinto, você me faz perder o sono, tudo me faz lembrar você, quando acordo você está no meu pensamento, quando durmo você aparece nos meus sonhos, eu te amo sim, e nada muda mais isso! Só você faz bem, só você me completa, só com você posso ser realmente, inteiramente, intensamente feliz.
Ele: Preciso parar.
Ela: Parar com o que?
Ele: De sonhar com você.
Ela: Mas por que?
Ele: Porque não quero só sonhar, quero sentir, poder tocar, te abraçar, beijar.
Ele: Tenho duas palavras para você.
Ela: Ah, é? Quais?
Ele: Eu amo você.
Ela: Mas não seriam três?
Ele: Eu e você valem por uma.
Ele: Você quer sair comigo?
Ela: Não.
Ele: Você ouviu o que eu disse?
Ela: Sim.
Ele: O que eu disse?
Ela: Você quer sair comigo?
Ele: Claro.
Tá com ciuminho é?” ”Ciuminho você vai ver quando eu enterrar aquela vadia viva.
Ela: Droga, como você faz isso?
Ele: Faço o que?
Ela: Como você consegue ter o melhor sorriso do mundo.
Ele: Simples, toda vez que eu sorrio, eu penso em você.
Ela: Me fala um casal de algum filme que você admira.
Ele: A Dama e o Vagabundo.
Ela: Por que?
Ele: Porque ela se apaixonou pelo caráter e não pela reputação dele.
Ela: Quero que nossa história tenha um final feliz.
Ele: Eu não.
Ela: Você não quer que tenha um final feliz?
Ele: Não, eu não quero que tenha um fim.
Ele: Ele te faz rir como eu fazia?
Ela: Não.
Ele: Então por que está com ele?
Ela: Porque ele não me faz chorar como você me fez.
Ele: Não te reconheço.
Ela: Por que?
Ele: Está faltando algo em você.
Ela: E o que seria?
Ele: Eu.
Ele: Qual é o seu sonho?
Ela: Ser beijada na chuva… E o seu?
Ele: Ser o cara que te beija.

quarta-feira, 30 de maio de 2012