Páginas

quinta-feira, 19 de abril de 2012

“Essa não é mais uma carta de amor, são pensamentos soltos traduzidos em palavras,pra que você possa entender.O que eu também não entendo!” Gosto de estar com você, pois posso ser quem eu realmente sou, não preciso fingir sorrisos, ou até mesmo carinhos. Você não me obriga a ser quem eu não sou. Você tem os mesmos defeitos que eu.. Ou quase os mesmos. As vezes paro e penso em como nós mudamos, mudamos mesmo, mudamos nosso físico, nosso modo de pensar e principalmente nosso modo de agir. 
Lembra o quanto eramos infantis? Eu a gordinha e feia da classe, e você o bagunceiro digamos que popular! Eu nunca teria chance com você naquele tempo, sempre fui desprezada por você. Mas nunca me importei. Alguns anos depois disso se passaram. Eu resolvi mudar, mudar de estilo, e principalmente emagrecer, meus quilinhos amais sempre me incomodaram, meus óculos eram feios, eu usava aparelho e minhas roupas eram estranhas. Mudei… Da água pro vinho. Mudei mesmo, emagreci, tirei os óculos e o aparelho, e mudei meu jeito de se vestir. Resolvi te procurar, não me arrependi e talvez nunca me arrependa. Aquela paixão que eu achei que tinha acabado, permanecia ali, bem guardadinha para quando fosse a hora de desabrochar.. Não deu em outra. Meu coração voltou a estar em suas mãos. Garoto, cuide do meu coração.. Agora ele é seu… De novo!
(des-a-strada)
Essa não é mais uma carta de amor, são pensamentos soltos traduzidos em palavras,pra que você possa entender.O que eu também não entendo!” Gosto de estar com você, pois posso ser quem eu realmente sou, não preciso fingir sorrisos, ou até mesmo carinhos. Você não me obriga a ser quem eu não sou. Você tem os mesmos defeitos que eu.. Ou quase os mesmos. As vezes paro e penso em como nós mudamos, mudamos mesmo, mudamos nosso físico, nosso modo de pensar e principalmente nosso modo de agir. 
Lembra o quanto eramos infantis? Eu a gordinha e feia da classe, e você o bagunceiro digamos que popular! Eu nunca teria chance com você naquele tempo, sempre fui desprezada por você. Mas nunca me importei. Alguns anos depois disso se passaram. Eu resolvi mudar, mudar de estilo, e principalmente emagrecer, meus quilinhos amais sempre me incomodaram, meus óculos eram feios, eu usava aparelho e minhas roupas eram estranhas. Mudei… Da água pro vinho. Mudei mesmo, emagreci, tirei os óculos e o aparelho, e mudei meu jeito de se vestir. Resolvi te procurar, não me arrependi e talvez nunca me arrependa. Aquela paixão que eu achei que tinha acabado, permanecia ali, bem guardadinha para quando fosse a hora de desabrochar.. Não deu em outra. Meu coração voltou a estar em suas mãos. Garoto, cuide do meu coração.. Agora ele é seu… De novo!

Um comentário:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Que lindo juju (*-*)

    ResponderExcluir